spot_img
InícioNotíciasTrês mulheres praticaram golpe em quatro comerciantes de Uruaçu

Três mulheres praticaram golpe em quatro comerciantes de Uruaçu

O fato aconteceu por volta do meio-dia de sábado, 09 de julho.

Em um determinado estabelecimento comercial de celulares em Uruaçu, estavam quatro amigos comerciantes em uma reunião de negócios, quando entrou no estabelecimento três mulheres com uma criança de colo, sendo duas mulheres jovens e uma senhora já de idade. Elas ofereceram joias e pepitas de ouro, alegando que estavam vindo sem nenhum dinheiro e de carona de um garimpo em Mato Grosso e precisavam vender as joias e pepitas para pegarem um ônibus e seguirem viagem para Pinheirinhos no Paraná.

Elas mostraram as peças de ouro e disseram que fariam a R$ 200,00 o grama. E nesse momento, um dos interessados na compra disse que compraria se elas autorizassem que ele levasse as peças a um amigo ourives de sua confiança para avaliá-las, as mulheres concordaram e assim foi feito.

As peças foram avaliadas e comprovada a procedência, os quatro amigos decidiram por um determinado valor comprar as joias, com a exigência de que o pagamento fosse realizado em espécie.

Os compradores não perceberam nada estranho e foram então sacar o valor. A negociação se deu até quase as 15h, até que levantaram o montante de R$ 31.00,00 (Trinta e um mil reais)

O valor foi entregue a uma das mulheres, que guardou o dinheiro numa bolsa e entregou as joias aos compradores, saíram então juntas da loja seguindo caminho pela Avenida Tocantins em direção à região oeste.
Após alguns minutos, os amigos desconfiaram que as joias que receberam pareciam diferentes das que foram negociadas e mais uma vez pediram ajuda ao amigo ourives, que prontamente negou que fossem as mesmas peças avaliadas anteriormente.

Depois da constatação, os amigos decidiram ir até a rodoviária, mas elas não estavam por lá. Andaram por toda a cidade e não as encontraram.

As vítimas liberaram as imagens de câmeras de segurança para que novas vítimas possam identificá-las e fizeram boletim de ocorrência.

Um detalhe chamou a atenção dos envolvidos: em momento algum elas se trataram pelos nomes, apenas se chegavam uma às outras de irmã e mãe. Talvez uma estratégia para não deixarem pistas. Uma suspeita é de que alguém estaria dando suporte com um veículo.

Os comerciantes pediram para não terem suas identidades reveladas.

Por Jucimar Alves, com adaptações.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com