spot_img
InícioNotíciasSegurança Pública: inteligência Artificial é parte da estratégica de Caiado para potencializar...

Segurança Pública: inteligência Artificial é parte da estratégica de Caiado para potencializar combate à criminalidade

Área já é uma das mais bem avaliadas no atual governo. Em um novo mandato, meta é ampliar uso da tecnologia para consolidar Goiás como a maior referência nacional no combate ao crime

O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) propõe ampliar o uso da tecnologia para continuar puxando para baixo os índices de criminalidade em Goiás, Estado onde desde 2019 se viu despencar, entre outras, as taxas de homicídios (-41,8%) e latrocínio (-60,15%), segundo dados do Observatório de Segurança Pública (OSP). Candidato à reeleição, ele propõe o uso de drones e de Inteligência Artificial em câmeras de videomonitoramento como meios para favorecer a atuação das forças de segurança pública.

Na prática, o investimento em Inteligência Artificial proposto no plano de governo da Coligação Pra Seguir em Frente analisa áudio e imagens de câmeras de monitoramento para reconhecer humanos, veículos, objetos e eventos e, a partir dessa identificação, emitir alertas de detecção de violação de uma determinada regra. A região do Entorno do Distrito Federal será a primeira a receber o programa de Ronaldo Caiado. “Meu compromisso é com medidas que reduzam continuamente os índices de criminalidade e que fortaleçam e modernizem o sistema de segurança pública de Goiás”, garante o candidato.

A utilização de sistema de vigilância também deve alcançar o sistema prisional. O governador propõe ampliar o uso de câmeras de videomonitoramento dentro das unidades penitenciárias. A medida é considerada prioritária para desarticular facções dentro dos presídios. “Estamos tentando ao máximo recursos para colocar câmeras nas celas e assim acabar de vez com a possibilidade de que pessoas condenadas continuem cometendo crimes de dentro das celas”, afirma. Além das câmeras, o candidato quer a transferência do presídio de regime semiaberto de Aparecida de Goiânia para uma área mais adequada e a ampliação da quantidade de vagas.

Crimes virtuais
Os esforços em prol da modernização do sistema de segurança do Estado alcançam investimento na capacitação das polícias para combate de crimes virtuais e a criação de grupo especializado em investigação de fraudes por meio da internet. “Quero transformar Goiás em referência no enfrentamento de crimes cibernéticos”, antecipa o governador.

A segurança pública já é um dos quesitos mais bem avaliados no atual governo, sendo referência no país. Este ano, por exemplo, o Estado figurou no terceiro lugar do ranking nacional de redução no número de assassinatos, atrás apenas do Acre e de Sergipe, de acordo com levantamento feito pelo Monitor da Violência. “A melhor segurança pública do país é resultado de um criterioso trabalho de gestão, tecnologia, integração e inteligência”, explica Caiado.

O governo também está investindo na ampliação do contingente das polícias. Foi aberto no dia 26 de agosto concurso com 864 vagas para a Polícia Civil, com oportunidades para agentes, escrivão e delegados substitutos. Já os concursos da Polícia Militar, abertos em junho, somam 1.650 vagas.

Outros projetos
Para seguir avançando, o programa de governo apresentado por Caiado para a segurança pública também inclui a implantação de postos operacionais dos bombeiros na região Metropolitana de Goiânia e o aumento no número de unidades de policiamento especializado nas cidades do interior do Estado.

Também está prevista a ampliação da oferta de cursos de qualificação e especialização para os profissionais da segurança pública e de programas de promoção à saúde física e mental dos profissionais; o fortalecimento da rede de apoio a mulheres vítimas de violência; e, entre outros, a viabilização de um programa de Redução de Acidentes de Trânsito.

Redução da criminalidade no estado de Goiás em números
Comparativo 2018 / 2021

• Menor taxa de crimes violentos intencionais da história
Em 2018 – 32,96 por 100 mil habitantes
Em 2021 – 17,89 por 100 mil habitantes
Queda de 45,7%

• Redução de 44,1% na taxa de homicídios
Em 2018 – 30,56 por 100 mil habitantes
Em 2021 – 17,10 por 100 mil habitantes

• Queda de 68,8% em roubos
A transeuntes, menos 70,3%
A comércios, menos 68,5%
A propriedades rurais, menos 62%
A residências, menos 58%

• Queda de 81% em roubos e furtos de veículos
Em 2018 – 10.105
Em 2021 – 1.889
Em Goiânia, eram 27,7 roubos e furtos a veículos por dia, em 2108. Hoje essa média é de apenas 5

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com