spot_img
InícioNotíciasSaneago intensifica ações operacionais e obras para garantir abastecimento durante estiagem

Saneago intensifica ações operacionais e obras para garantir abastecimento durante estiagem

Companhia atua em diversas frentes de serviço em Goiânia e em municípios que historicamente sofrem com a falta de água durante o período de seca, como Aparecida e Anápolis

Para assegurar o fornecimento de água nos 225 municípios onde atua, a Saneago executa, ao longo de todo o ano, um extenso planejamento de ações para enfrentamento à estiagem. Na Região Metropolitana, a Saneago tem priorizado as ações operacionais visando a redução de perdas de água na distribuição. A Companhia tem intensificado os esforços para combater rompimentos de rede, executando varetamento em 610 mil ligações de água, procedimento que utiliza instrumento específico para rastrear vazamentos. A meta para este ano é a substituição de 150 mil hidrômetros volumétricos, somente na capital, e executar a troca de 10.100 ramais na rede de distribuição, para garantir menos desperdício e mais água na torneira.

Entre as ações de enfrentamento ao período de estiagem, a Saneago aumentou o uso do Sistema Day Night, uma solução tecnológica que auxilia na redução das perdas de água na distribuição. No período noturno, o consumo de água é menor, o que aumenta a pressão nas redes de distribuição de água. A companhia instalou 100 novos equipamentos na região Metropolitana, que reduzem gradualmente a pressão do sistema para o patamar mínimo durante o período noturno, e aumentam de maneira gradual no início da manhã. O resultado é a redução de vazamentos e, consequentemente, do desperdício de água. Além de maior vida útil para as redes.

Em Goiânia, há três sistemas produtores de água, que utilizam dois mananciais: o Meia Ponte (captação superficial) e Mauro Borges/João Leite (reservatório). Os sistemas estão interligados, o que possibilita levar água do reservatório João Leite para atender as áreas do Sistema Meia Ponte durante a estiagem, quando a vazão do rio reduz drasticamente devido à escassez de chuvas no período.

Essa importante interligação é o que garante o abastecimento em áreas da cidade, normalmente atendidas pelo Sistema Meia Ponte. A adutora de integração entre os sistemas Meia Ponte e Mauro Borges/João Leite permite o reforço do primeiro em 800 litros por segundo nos momentos de necessidade.

Perfuração e interligação de poços
Nos municípios do interior de Goiás e no Entorno do Distrito Federal, equipes da Saneago realizaram estudos para definição de locais favoráveis à captação de água subterrânea, por meio de poços tubulares profundos. Em 2021, foram perfurados 50 novos poços, o que significa um incremento de 316 litros de água tratada por segundo nos sistemas de abastecimento de água. Estes poços estão sendo interligados para garantir o abastecimento na estiagem de 2022.

Dentre os municípios beneficiados, estão Planaltina de Goiás, e Anápolis, com a interligação de quatro novos poços em cada localidade, além de Luziânia, São Luís de Montes Belos e Goianésia. O Sistema Independência Mansões, em Aparecida de Goiânia, recebeu o reforço de cinco novos poços tubulares profundos, na região do Centro de Reservação Delfiori, que serão interligados este ano.

Obras reforçam o abastecimento
A Saneago está executando um conjunto de obras para integrar o Sistema Produtor Mauro Borges ao Sistema de Abastecimento de Água em Aparecida de Goiânia. Essa etapa consiste na construção da elevatória de água tratada Senac, a duplicação da adutora de água tratada Senac, além da interligação do Centro de Reservação Leste-Celg.

A duplicação da adutora Senac será concluída até outubro, possibilitando o reforço no atendimento à população aparecidense e de regiões de Goiânia. Em 2021, foi concluída parte das obras do Linhão Central e o Booster Cascalho, que já atendem bairros de Aparecida de Goiânia, reforçando o abastecimento no município.

Em Anápolis, há cinco frentes de obras para ampliação dos sistemas de abastecimento de água que vão garantir a segurança hídrica do município, inclusive na estiagem deste ano. Duas delas com conclusão prevista para ocorrer antes do ponto mais crítico do período de seca: a primeira visa a ampliação do sistema na região do Parque Calixtópolis e do Recanto do Sol. A segunda vai beneficiar 13 bairros na região de abrangência do Centro de Reservação Aeroporto, com outros dois reservatórios com capacidade para quase 1,2 milhão de litros de água tratada e mais de 10 km de redes.

Fotos: James Morais e Kaiky Fernandez/ Saneago

Companhia Saneamento de Goiás S/A – Governo de Goiás

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com