spot_img
InícioNotíciasRevelado gasto do Banco do Brasil com a Parada Gay

Revelado gasto do Banco do Brasil com a Parada Gay

Instituição financeira disse querer ‘mais diversidade’

O Banco do Brasil (BB) gastou R$ 240 mil com a Parada Gay, que ocorreu no início deste mês na cidade de São Paulo. Oeste teve acesso aos gastos da instituição financeira.

Além de bancar o evento, o BB lançou o Ourocard Orgulho, cartão de crédito exclusivo para pessoas trans. Ele tem a cor da bandeira do arco-íris, símbolo do movimento LGBT+, e o nome social do indivíduo.

De acordo com uma publicação interna do BB, o objetivo é “promover a economia criativa, a geração de renda e a cultura LGBT+”.

Contrariando a gestão Bolsonaro, o governo federal quer mais investimentos do Banco do Brasil na Parada Gay | Foto: Divulgação/Agência Brasil

Nomeada por Lula, a presidente do BB, Tarciana Medeiros, quer pôr em pauta a “diversidade”. Ela é negra e lésbica.

Durante a Parada Gay, o BB levou um estande com diversas atrações para o público da categoria, onde as pessoas também puderam solicitar o cartão.

Ocorreu ainda a “feira de arte queer”, com objetivo de incentivar a “economia criativa”, por meio de artistas plásticos, que tiveram a oportunidade de comercializar suas obras no evento.

Também patrocinaram o ato Smirnoff, Terra, Vivo, Amstel, Mercado Livre, L’Oréal Groupe, Burger King, Philip Morris, 3M, Kellogg, Accor, Banco do Brasil, Pantene, Zurich Seguradora, Microsoft, British Council, Agência Fome, TV Globo, JCDecaux e Eletromidia.

Revista Oeste

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com