InícioNotíciasPodemos abre processo para expulsão de Arthur do Val

Podemos abre processo para expulsão de Arthur do Val

1

Partido repudiou declarações sexistas do deputado sobre mulheres ucranianas; ele terá cinco dias para apresentar defesa na sigla

O Podemos instaurou, nesta segunda-feira, (7), um processo disciplinar interno para discutir a expulsão do deputado estadual Arthur do Val (SP). Filiado à legenda há pouco mais de um mês, ele era pré-candidato ao governo de São Paulo.

A  pré-candidatura foi retirada e agora até o partido ele pode perder depois que áudios enviados para um grupo de mensagens vazou. Nos áudios, o deputado diz que as mulheres ucranianas “são fáceis porque são pobres” , diz que limparia o c* de militares e conta que seu companheiro no MBL, Renan Santos, costuma fazer, anualmente, uma “tour de blond”, viagem dedicada a se relacionar apenas com mulheres loiras.

Após serem publicadas pelo portal Metrópoles na última sexta (4), as mensagens geraram diversas manifestações de repúdio por parte de políticos , de celebridades, do  Podemos e da  Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), cujo Conselho de Ética já recebeu  mais de 10 pedidos de cassação do mandato do parlamentar.

Diante desse cenário, a assessoria de imprensa do Podemos informou que a legenda recebeu um pedido de punição do parlamentar no domingo e hoje abriu o processo. “A realização do procedimento é necessária para qualquer tipo de punição, em respeito à ampla defesa e ao contraditório. Assinado pelas presidentes do Podemos Mulher Nacional e estadual de São Paulo, respectivamente, Márcia Pinheiro e Alessandra Algarin, o pedido é pela punição mais grave: a de expulsão”, diz o texto enviado à imprensa.

A assessoria explica que o presidente da Executiva Paulista, Thiago Milhim, já nomeou a Comissão de Ética e Disciplina para análise do caso e ordenou a citação de Arthur do Val para que ele apresente sua defesa em cinco dias.

Por Último Segundo (IG)

Por:
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos