InícioPolêmicaPF intima deputado federal que chamou Lula de ladrão

PF intima deputado federal que chamou Lula de ladrão

Gilvan da Federal Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

Gilvan da Federal diz que a corporação está “aparelhada”

Leiliane Lopes –

O deputado federal Gilvan da Federal (PL-ES) informou durante discussão na Comissão de Segurança Pública, nesta terça-feira (12), que recebeu uma intimação da Polícia Federal (PF) para explicar porque ele chamou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de ladrão.

Gilvan estava entre o grupo de parlamentares da oposição que proferiu palavras contra o petista no último dia de sessão na Câmara dos Deputados, em dezembro do ano passado. Conforme o parlamentar, ele já agendou o dia para depor.

– Hoje em dia não se pode chamar mais ladrão de ladrão e corrupto de corrupto. Recebi ontem uma intimação da Polícia Federal para comparecer no dia 20 de março à Superintendência da Polícia Federal para explicar ao chamar o Lula de ladrão — declarou o oposicionista.

O parlamentar serviu na PF por duas décadas e, segundo ele, nunca viu a corporação estar “tão aparelhada” como agora, durante o governo Lula. Inclusive, ele acusa o atual diretor-geral da PF, Andrei Rodrigues, de ser “petista”.

Em outra parte da fala, Gilvan da Federal lamenta que o parlamentar não tenha mais imunidade para se posicionar no Congresso e lembra que durante o governo de Jair Bolsonaro (PL) a esquerda ofendia diariamente o agora ex-presidente.

– Não existe mais imunidade parlamentar. Passaram 4 anos chamando o ex-presidente Bolsonaro de genocida e não vi a PF intimar nenhum deputado do PT ou PSOL. Não vi nenhum – completou.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos