spot_img
InícioNotíciasPai e filha conseguem autorização na Justiça para plantar maconha para uso...

Pai e filha conseguem autorização na Justiça para plantar maconha para uso medicinal, em Goiânia

Eles já tentaram tratamentos tradicionais para seus problemas, mas não conseguiram melhoras. Processo para liberação começou em 2020.

Um médico de 46 anos e a filha, de 11 anos, conseguiram autorização da Justiça para plantar maconha para uso medicinal, em Goiânia. Eles têm problemas diferentes e já tentaram tratamentos convencionais, não tendo melhoras.

O pai tem uma lesão no ombro e sofre com dores crônicas. Já a filha tem a Síndrome de Rett, que causa uma desordem no desenvolvimento neurológico, dificuldade na fala, retardo no aprendizado, perda da função da mão, ansiedade, depressão, entre outros fatores. A família preferiu que as identidades não fossem divulgadas.

O pedido para o plantio da maconha foi feito inicialmente em 2020 no Tribunal Regional Federal. Em um primeiro momento, a autorização foi negada. Porém, a família recorreu e, no último dia 16, conseguiu a liberação.

“A lei sobre drogas diz que, apesar da proibição do plantio, é possível autorizar o cultivo para fins medicinais e científicos. O pai já fazia o plantio antes, mas, se tivesse alguma denúncia, podia ser preso. Então, por isso, nos antecipamos e pedimos essa autorização”, disse o advogado Matheus Scoponi, que representa a família e também é diretor jurídico da Associação Goiana de Apoio à Pesquisa da Cannabis Medicinal (Agape).

O pai da criança conta que o uso da cannabis tem ajudado muito no desenvolvimento da filha. Com o óleo feito da planta, a menina tem desenvolvido relacionamento com outras pessoas, tendo amizades, frequentando a escola e melhorando a qualidade de vida.

Por Vitor Santana, g1 Goiás

Foto: Brazil Journal

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com