spot_img
InícioNotíciasMais de 2,5 milhões de moradores ainda não receberam o primeiro reforço...

Mais de 2,5 milhões de moradores ainda não receberam o primeiro reforço contra a Covid-19 em Goiás, diz Ministério da Saúde

Além disso, cerca de 1 milhão de goianos estão com a segunda dose de reforço atrasada, segundo MS. Estado tem mais de 1,7 milhão de casos confirmados e 27,5 mil mortes pela doença; veja locais de vacinação.

O Ministério da Saúde (MS) divulgou que mais de 2,5 milhões de moradores ainda não receberam o primeiro reforço de vacinas contra a Covid-19 em Goiás. Além disso, segundo o MS, cerca de 1 milhão de goianos estão com a segunda dose de reforço atrasada. Conforme o último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO), o estado tem mais de 1.739.466 casos confirmados de Covid e 27.595 mortes pela doença.

Em nota, a SES-GO informou que mais de 900 postos vacinam moradores em todo o estado e que desenvolve uma série de iniciativas para incentivar a vacinação, mas que o maior desafio na imunização contra a Covid-19 em Goiás é completar os esquemas vacinais.

Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde na última quinta-feira (17). Conforme a pasta, completar o ciclo vacinal contra a Covid-19 é a melhor forma de se proteger contra o agravamento da doença.

A primeira dose de reforço é recomendada para pessoas com mais de 12 anos de idade e deve ser aplicada quatro meses depois da segunda dose ou dose única. Já a segunda dose de reforço é indicada para a população acima de 40 anos e trabalhadores da saúde. Apesar disso, Goiás aplica o segundo reforço já em pessoas acima de 30 anos, trabalhadores da saúde e imunossuprimidos.

O Ministério da Saúde esclareceu que, quem começou o esquema vacinal com a dose única da Janssen, deve tomar o reforço da seguinte forma: três reforços para pessoas com idade igual ou maior que 40 anos; e dois reforços para pessoas de 18 a 39 anos.

Covid-19 em Goiás

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, no sábado (19), Goiás tinha 1.739.466 casos confirmados de Covid-19 e 27.595 mortes pela doença.

Já na capital, conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia, são 437.868 casos confirmados e 7.926 mortes por Covid-19 até o último sábado.

Vacinação na Grande Goiânia

Em Goiânia, a imunização acontece em 72 salas de vacinação. Já em Aparecida de Goiânia, moradores podem se vacinar em 36 locais (veja todos os locais abaixo).

Bebês de 6 meses a crianças de 3 anos:

  • Centro Municipal de Vacinação (CMV): De segunda à sexta, das 8h às 17h;
  • Ciams Urias Magalhães: De segunda à sexta, das 8h às 17h;
  • Cais Goiá: De segunda à sexta, das 8h às 17h;
  • Unidade de Saúde da Família (USF) São Carlos: De segunda à sexta, das 8h às 17h.

Bebês de 6 meses a crianças de 3 anos:

  • Central de Imunização: de segunda a sexta, das 8h às 18h
  • UBS Cruzeiro do Sul: de segunda a sexta, das 8h às 16h
  • UBS Santa Luzia: de segunda a sexta, das 8h às 16h
  • UBS Bairro Cardoso: de segunda a sexta, das 8h às 16h
  • UBS Veiga Jardim: de segunda a sexta, das 8h às 16h
  • UBS Bandeirantes: de segunda a sexta, das 8h às 16h
  • Maternidade Marlene Teixeira: de segunda a sexta, das 8h às 18h

Para crianças a partir de 3 anos e adultos

  • UBS Andrade Reis
  • UBS Colina Azul
  • UBS Jardim Riviera
  • UBS Jardim Florença
  • UBS Tiradentes
  • UBS Veiga Jardim
  • UBS Papillon Park
  • UBS Mansões Paraíso
  • UBS Bairro Hilda
  • UBS Cruzeiro do Sul
  • UBS Bairro Cardoso
  • UBS Delfiore
  • UBS Madre Germana
  • UBS Jardim dos Ipês
  • UBS Alto Paraíso
  • UBS Bandeirantes
  • UBS Caraíbas
  • UBS Garavelo Park
  • UBS Buriti Sereno
  • UBS Campos Elísios
  • UBS Bairro Independência
  • UBS Boa Esperança
  • UBS Anhambi
  • UBS Rosa dos Ventos
  • UBS Jardim Paraíso
  • UBS Jardim Olímpico
  • UBS Parque Trindade
  • UBS Santa Luzia
  • UBS Bela vista
  • UBS Jardim dos Buritis
  • UBS Nova Olinda
  • UBS Cândido de Queiroz
  • UBS Vila São Pedro
  • UBS Santo André
  • Central de Imunização
  • Maternidade Marlene Teixeira

Íntegra da nota da SES-GO:

“A propósito das questões formuladas por este veículo de comunicação, a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) informa o que se segue:

– Ressaltamos que o maior desafio hoje na vacinação contra a Covid-19 no nosso Estado é completar os esquemas vacinais. No Estado de Goiás Os números da SES-GO revelam que 2.482.037pessoas não tomaram a dose de reforço. Outras 1.014.220 não procuraram os postos para a aplicação do segundo reforço (DR2)

– A SES-GO desenvolve uma série de iniciativas com o objetivo de incentivar a população a completar o esquema de vacinação contra a Covid-19. Entre tais estratégias destacam-se o alerta e o repasse de informações, por meio dos veículos de comunicação, sobre a importância de completar o esquema vacinal para prevenção de casos graves de Covid-19.

– A SES-GO informa continuamente que a vacinação é realizada em mais de 900 postos de vacina instalados em todos os municípios goianos.

– Constitui uma das principais medidas efetivadas pela SES-GO a atualização continuada de gestores e profissionais das Secretarias Municipais de Saúde responsáveis pela operacionalização da vacinação.

– Além disso, a SES-GO disponibiliza aos municípios, de forma continuada, as doses das vacinas contra a covid-19, de laboratórios diferentes, para a efetivação da vacinação”.

Por Danielle Oliveira, g1 Goiás

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com