spot_img
InícioNotíciasLiz Truss é eleita a nova primeira-ministra do Reino Unido

Liz Truss é eleita a nova primeira-ministra do Reino Unido

Após a renúncia de Boris Johnson, o Partido Conservador, que governa o país, escolheu Liz Truss como nova líder nesta segunda-feira (5). Ex-ministra de Relações Exteriores, venceu Rishi Sunak, descendente de indianos.

Liz Truss foi anunciada nesta segunda-feira (5) como a nova chefe do Partido Conservador britânico e, por consequência, nova primeira-ministra do Reino Unido. Ela teve mais de 81 mil votos válidos (57,4%), enquanto Rishi Sunak teve pouco mais de 60 mil (42,6%).

Admiradora da primeira-ministra Margaret Thatcher, a quem interpretou quando criança em uma peça no colégio, Elizabeth “Liz” Truss espera agora seguir seus passos como a terceira mulher a chefiar o governo no Reino Unido. Ela ficará à frente do país até as próximas eleições, previstas para 2024.

Liz Truss, a nova primeira-ministra do Reino Unido, logo após ser anunciada vencedora, em 5 de agosto de 2022. — Foto: Hannah McKay/ Reuters

Ela venceu Rishi Sunak na última fase da eleição interna do Partido Conservador. Sunak foi ministro da economia do governo de Boris Johnson, é descendente de indianos e deixou uma lucrativa carreira em finanças, que incluiu passagens pelo Goldman Sachs e pelo fundo de hedge TCI, para se tornar parlamentar em 2015.

Após ser anunciada como a próxima primeira-ministra do Reino Unido, Liz Truss subiu ao palco do evento mobilizado pelo Partido Conservador para falar sobre os seus planos e agradecer aos apoiadores.

“Amigos e colegas, obrigado por depositar sua fé em mim para liderar nosso grande Partido Conservador, o maior partido político da Terra. É uma honra ser líder desse partido”, disse ela.

Liz aproveitou o momento para parabenizar seus concorrentes, agradecer sua família e a Boris Johnson.

“Boris, você conseguiu o Brexit. Você esmagou Jeremy Corbyn, você lançou a vacina. E você enfrentou Vladimir Putin. Você foi admirado de Kiev a Carlisle”, declarou.

Rishi Sunak e Liz Truss — Foto: Reuters

Primeiras promessas

Tendo em vista os próximos dois anos que precedem as eleições de 2024, Liz Truss prometeu um planejamento mais ousado e efetivo.

“Vou entregar um plano ousado para cortar impostos e crescer nossa economia. Vou responder à crise energética, lidando com as contas de energia das pessoas, mas também lidando com as questões de longo prazo que temos sobre o fornecimento de energia”, disse ela.

Plano de governo

Liz Truss disse durante sua campanha para o cargo de premiê que pretende cortar alguns impostos dando mais ênfase nas contas de energia que só aumentam no país.

Ela defende também a política de zero líquido, na qual pretende diminuir a necessidade do Reino Unido sobre as energias não renováveis, em especial das variante do petróleo.

Como funciona a eleição

No Reino Unido, a pessoa que lidera do Partido Conservador, que tem maioria no parlamento britânico, também assume o cargo de primeiro-ministro.

São feitas diversas rodadas de votação entre os deputados conservadores. A cada uma delas, os menos votados são eliminados da disputa. Essa fase aconteceu em julho.

Na etapa final, entre os dois candidatos finalistas, Liz e Rishi, todos os membros do partido podem participar da escolha e os votos são enviados pelo correio.

A entrega do cargo

Palácio de Balmoral, na Escócia — Foto: Stuart Yeates from Oxford, UK – Flickr/via Wikicommons

Na terça-feira (6), em uma ruptura com a tradição, a nomeação da nova primeira-ministra não será no Palácio de Buckingham, em Londres. Ela acontecerá no Castelo de Balmoral, na Escócia, onde a Rainha Elizabeth passa seus verões.

A monarca de 96 anos teve que reduzir suas aparições públicas este ano devido a problemas de mobilidade e não viajará para Londres.

Espera-se que Johnson faça uma declaração fora de Downing Street na manhã de terça-feira antes de viajar para a Escócia para apresentar sua renúncia à rainha, esperada por volta do meio-dia (7h no horário de Brasília).

Liz, a vencedora da eleição, se reunirá com a rainha e será oficialmente convidada a formar um governo.

Uma vez que a nova primeira-ministra tenha sido nomeada, a Circular da Corte, o registro oficial dos compromissos reais, registrará que “a primeira-ministra beijou as mãos na nomeação”.

A Rainha Elizabeth teve 14 primeiros-ministros durante seus 70 anos de reinado.

Novo governo

A nova primeira-ministra volta para Londres para fazer um discurso em Downing Street por volta das 16h (12h no horário de Brasília).

Liz nomeará um gabinete e a nova equipe de ministros se reunirá na manhã de quarta-feira antes que o ela chegue à Câmara dos Comuns, onde será submetido a uma sabatina com o líder da oposição, Keir Starmer, do Partido Trabalhista.

Por G1

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com