spot_img
InícioNotíciasIris está evoluindo e já controla a respiração mesmo entubado, diz Caiado

Iris está evoluindo e já controla a respiração mesmo entubado, diz Caiado

Segundo Caiado, a recuperação neurológica de Iris é lenta e gradual

O quadro de saúde do ex-prefeito de Goiânia, Iris Rezende, está evoluindo bem. Mesmo entubado, ele já controla a respiração, segundo relatou o governador Ronaldo Caiado (DEM), em coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (9), na porta do Hospital Neurológico. Iris foi internado na última sexta-feira (6) após sofrer AVC hemorrágico e passar por cirurgia de urgência.

De acordo com Caiado, o fato de Iris estar controlando a respiração mesmo estando com respirador e entubado demonstra a evolução do quadro clínico. O governador, no entanto, ressalta que, por se tratar de um AVC, a recuperação neurológica é lenta e gradual.

“A vantagem é que, como foi no temporal direito, lado acessório, ele já está movimentando todos os membros. Todo paciente merece cuidados especiais e por isso ele está na UTI, mas eu não o classificaria como estado crítico. Ele está em fase de recuperação e não teve nenhum agravamento do quadro depois que foi operado”, disse o governador.

Estado de saúde de Iris Rezende: saiba mais sobre o AVC sofrido pelo político

Iris deu entrada por volta das 11 horas da manhã no Hospital Neurológico com forte dor de cabeça. De acordo com o médico, ele estava sonolento, confuso e agitado. Logo após os exames que diagnosticaram o AVC, o ex-governador foi submetido a uma cirurgia de emergência.

A comunicação do gestor informou que os procedimentos pré-cirúrgicos foram bem sucedidos.

Governador Ronaldo Caiado na porta do Hospital Neurológico para saber informações sobre o quadro de saúde de Iris Rezende. (Foto: Jucimar de Sousa/Mais Goiás)
Governador Ronaldo Caiado na porta do Hospital Neurológico para saber informações sobre o quadro de saúde de Iris Rezende. (Foto: Jucimar de Sousa/Mais Goiás)

Iris pode não ter sequelas

Iris Rezende pode não ter sequelas do AVC que sofreu nesta manhã. Foi o que disse o médico responsável pela operação, Valter Costa, em entrevista coletiva no início da noite desta sexta-feira (6). De acordo com cirurgião, a hemorragia atingiu o lobo temporal direito, que não é uma área dominante do cérebro.

“O lobo temporal direito não é uma esfera dominante. É possível que não fique sequela quase nenhuma. Se ele se recuperar bem, como nós esperamos que ele se recupere, vai ter poucas sequelas”, ressaltou.

Por Jessica Santos

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com