spot_img
InícioNotíciasIdoso achado em mata ingeriu cupim e urina para sobreviver

Idoso achado em mata ingeriu cupim e urina para sobreviver

Um idoso de 82 anos foi encontrado no último domingo (18) após passar oito dias perdido dentro de uma região de mata em Goiás. Para sobreviver durante esse período, José Arteiro Ribeiro comeu casca de árvore e cupim, além de beber a própria urina a fim de se manter hidratado.

De acordo com informações do portal Metrópoles, Ribeiro mora em uma área rural de Ceilândia, mas estava em uma fazenda no interior de Goiás, pois havia ido pescar com amigos. No dia em que desapareceu, 10 de junho, ele havia dormido do lado de fora da casa, em uma rede.

– Ainda pela manhã, quando os amigos acordaram, viram a rede enrolada e ele já tinha sumido – declarou Kátia Ribeiro, filha de José.

Assim, familiares e bombeiros iniciaram uma busca pela mata, com ajuda de cães farejadores e drones com infravermelho. Após cinco dias sem sucesso, os bombeiros desistiram, mas a família seguiu procurando por Ribeiro.

– A gente sentia que meu pai estava vivo – explicou Kátia.

Por fim, Ribeiro acabou resgatado no domingo. Ele explicou que havia saído para admirar a mata pela manhã e só notou que havia passado muito tempo quando escureceu. O idoso não encontrou o caminho de volta e passou oito dias de angústia até ser encontrado pela família.

Ele só estava com alguns ferimentos por tentar abrir caminho na mata fechada, e foi encaminhado a um nefrologista para tratar de um rim após muitos dias sem ingerir água.

Cearense, José Ribeiro foi um dos pioneiros de Brasília e se mudar para a capital há 60 anos a fim de ajudar em sua construção. À época, ele tinha 18 anos. Hoje com 82, José tem dez filhos e 15 netos.

Por: Thamirys Andrade

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com