spot_img
InícioNotíciasEstudantes de Iporá são destaques na etapa estadual da Olimpíada Brasileira de...

Estudantes de Iporá são destaques na etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

Com idade entre 15 e 17 anos, os jovens da Equipe TechnoZone conquistaram o título de melhor escola pública nível 2. Ao todo, 64 times participaram da competição, sendo que 47 grupos competiram no mesmo nível dos estudantes

A equipe de robótica do Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Osório Raimundo de Lima, de Iporá, região Oeste do Estado, foi destaque na etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). O time, representado pelos jovens Maycon Douglas Goulart, Ítalo Henrique Gonçalves, Edgar Melquiades e João Antônio da Silva Neto, conquistou o título de melhor escola pública nível 2 dentre as 47 equipes participantes.

A competição foi realizada no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia, no último sábado (27/08). Na oportunidade, os times foram desafiados a montar robôs capazes de realizar o resgate de vítimas em um cenário de desastre. Ao todo, os 64 grupos de competidores foram divididos em três níveis, sendo o nível 0 para alunos do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental; nível 1 do 1º ao 8º ano do Ensino Fundamental; e nível 2 para alunos do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental e da 1ª a 3ª série do Ensino Médio.

“Foi uma experiência interessante, porque nos colocou para pensar. Principalmente, porque não é algo muito comum de se fazer”, relatou o estudante Maycon Douglas, aluno da 2ª série do Ensino Médio do Cepi Osório Raimundo de Lima. Para ele, o elemento mais desafiador foi projetar uma peça autônoma, que atendesse a tarefa, ainda que fosse em um ambiente simulado. “Para projetar um robô para resgatar vítimas você tem de levar em consideração alguns fatores: não pode criar uma garra ou algo do tipo”, completou.

Sob as orientações da professora Daniela Cristina de Souza Marques, os jovens criaram o robô Scorpion. Construído a partir de peças de encaixe, o aparato garantiu à equipe o título de melhor escola pública nível 2 na competição. “Foi incrível, totalmente diferente. Tudo muito desafiador. Tivemos de superar todos os obstáculos para conseguir”, afirmou a professora.

Mesmo com a premiação, o time terminou na 19ª colocação no ranking geral. De acordo com a professora, no entanto, mesmo sem a chance de seguir para a etapa nacional da competição, o título inspira os jovens a continuarem competindo. “Estamos nos preparando agora para o Torneio Juvenil de Robótica (TJR), que será realizado na PUC em outubro. E, também, para a First Lego League (FLL) do Festival SESI de Robótica, que acontecerá em dezembro”, destacou.

Equipe TechnoZone
A equipe TechnoZone é fruto de uma disciplina eletiva ofertada no Cepi Osório Raimundo de Lima, em Iporá. Assim como ocorre em outras escolas da rede estadual de ensino, o componente curricular possibilita o contato dos estudantes com a robótica e com o pensamento computacional.

Josilene de Deus Souza, gestora da escola, contou que a TechnoZone foi criada há quatro anos e tem, hoje, a participação de 20 estudantes que cursam da 1ª a 3ª série do Ensino Médio. “Juntos, eles já participaram da modalidade teórica da OBR em 2019 e conquistaram medalhas de ouro e prata. O time também ficou entre os 20 primeiros colocados na modalidade prática virtual da competição nos anos de 2020 e 2021”.

Fotos: Seduc

Legenda: Robô projetado pelos estudantes de Iporá conquistou o primeiro lugar para a equipe entre as escolas públicas que participaram da etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

Secretaria de Estado da Educação – Governo de Goiás

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com