spot_img
InícioNotíciasNewsDoenças raras têm sido prioridade do governo, diz ministro da Saúde

Doenças raras têm sido prioridade do governo, diz ministro da Saúde

Ministério incorporou o Zolgensma aos tratamentos ofertados pelo SUS

O Ministério da Saúde incorporou esta semana o medicamento  Zolgensma, para  o tratamento de crianças de até seis meses de idade com atrofia muscular espinhal (AME) do tipo I. 

De acordo com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a oferta do tratamento de nome científico onasemnogeno abeparvoveque pelo Sistema Único de Saúde (SUS) faz parte de uma política pública que prioriza as doenças raras. “As doenças raras têm sido prioridade do governo, desde 2019 foram investidos mais de R$ 3,5 bilhões”, disse em entrevista ao programa A Voz do Brasil desta quinta-feira (8).

O medicamento estará disponível no SUS em até 180 dias, prazo necessário, segundo o ministro, para os trâmites operacionais de negociação de preço, compra, distribuição e elaboração de protocolo clínico para orientação sobre uso.

Pandemia

Em balanço, Queiroga disse que mais de 500 milhões de doses de vacina contra a covid-19 foram distribuídas em todo o Brasil. “Em 2023 o brasileiro tem a garantia de que não faltarão vacinas para a proteção contra a covid-19”, destacou o ministro.

Agência Brasil

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com