spot_img
InícioNotíciasDitadura de Ortega prende mais um padre crítico ao governo

Ditadura de Ortega prende mais um padre crítico ao governo

A ditadura da Nicarágua prendeu mais um padre, em meio à repressão contra a Igreja Católica no país. Desta vez, trata-se do sacerdote Fernando Zamora, detido neste domingo (9) após assistir a uma missa. O governo e a polícia não chegaram a esclarecer para a imprensa quais são as acusações que o líder religioso enfrenta.

Segundo informações da CNN, Zamora cumpre funções administrativas na diocese de Siuna. Quando foi preso, ele havia acabado de participar de uma uma missa dirigida pelo cardeal Leopoldo Brenes, principal líder católico da Nicarágua.

O regime de Ortega ficou cada vez mais intolerante com a Igreja Católica, acusando líderes religiosos de atentarem contra o seu governo. Entre os cinco sacerdotes que estão presos atualmente, está Rolando Álvarez, condenado a 26 anos de prisão por “traição à pátria”. Ele é considerado a voz católica mais crítica contra a ditadura de Ortega.

No início deste mês, o governo chegou a ordenar a soltura de Álvarez, após negociações de extradição com o Vaticano e reiterados pedidos do Papa Francisco. Entretanto, o bispo voltou a ser preso horas depois por se negar a deixar seu país.

O caso chegou a ser mesmo pauta no encontro entre o papa e o presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em junho deste ano. Na ocasião, Lula prometeu que conversaria com Ortega para pedir a soltura do bispo Álvarez, mas não há informações de que de fato já o tenha feito.

Por: Thamirys Andrade

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com