spot_img
InícioNotíciasDe olho nas eleições: base caiadista comemora apoio de Bolsonaro a Major...

De olho nas eleições: base caiadista comemora apoio de Bolsonaro a Major Vitor Hugo

Aliança faz com que articulações de Gustavo Mendanha se frustrem

O Palácio das Esmeraldas está em “festa”, isso porque, nesta segunda-feira (28), o presidente Jair Bolsonaro (PL), “bateu o martelo” e oficializou o apoio à pré-candidatura do deputado federal, Vitor Hugo (PL) ao governo de Goiás. A aliança pulveriza a oposição ao governo, o que acaba fortalecendo o governador. 

Nas redes sociais, Vitor Hugo divulgou um vídeo anunciando o resultado da reunião com Bolsonaro. “A ficha de filiação ao PL assinada! Sou pré-candidato do presidente Bolsonaro ao governo de Goiás”, afirmou. Na gravação, o parlamentar mencionou a participação da deputada federal Magda Mofatto (PL), do presidente do PL, Flávio Canedo, do senador Vanderlan (PSD), do pré-candidato ao senado, Wilder Morais e de Gustavo Gayer. 

Até então, de olho no apoio bolsonarista, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (sem partido), teve duas articulações frustradas. A mais recente foi na semana passada, quando Mendanha esteve ao lado de deputados aliados com Bolsonaro em Brasília. “Como pacificador me coloquei à disposição do presidente a partir de 2023, com a benção de Deus e do povo goiano, fazer um trabalho conjunto a favor dos goianos”, escreveu há época nas redes sociais. Dois dias depois do encontro, quando o presidente completou 67 anos, o prefeito de Aparecida de Goiânia voltou a “bajular” Bolsonaro e publicou um print de uma chamada de vídeo entre os dois em que lhe felicitou pelo aniversário.

Com essa articulação, Mendanha esperava construir aliança ao lado do mandatário, mas seu projeto político foi “por água abaixo” com a disposição do alto escalão do PL em apoiar Vitor Hugo. Agora, a indecisão de Gustavo pode custar “caro”, isso porque, as maiores lideranças do Patriota também recuaram.  Ao que tudo indica, ele também perdeu o apoio do Podemos, que caminha para a base do governo, e o PL está “dividido” no apoio ao governo. 

Desidratado, após tanto “tiro no escuro”, o projeto político do principal pré-candidato de oposição ao Caiado perdeu musculatura, o que, consequentemente, fortalece a base caiadista no Estado e pulveriza a oposição.

Agora, há pouco tempo para o prefeito corrigir seus erros estratégicos, enquanto seu principal antagonista, o governador Ronaldo Caiado (União Brasil), busca a reeleição, aproveitando dessa “bobeada” para aglutinar o maior número de prefeitos, vereadores e deputados.

Bastidores

Fortalecida, a base do governo na Assembleia Legislativa se demonstrou bastante otimista com a pulverização da oposição.  “Eu acredito que a campanha do Vitor Hugo vai ter um crescimento, mas não o suficiente para causar medo na campanha do governador Ronaldo Caiado”, comentou o deputado Amauri Ribeiro (Patriota). 

Um detalhe importante é que, além de Vitor Hugo e Mendanha, nos bastidores se ventila a possibilidade do ex-governador Marconi Perillo (PSDB), tentar recuperar a cadeira do Palácio das Esmeraldas.

De malas prontas para voltar à Goiás, a aposta é que se o tucano resolver “sobrevoar” o Palácio, Caiado terá “dor de cabeça” em um eventual segundo turno, isso porque, Perillo esteve em Hidrolândia no evento “Desperta Goiás”, promovido pela militância peessedebista, que clamam pela volta do tucano ao “ninho”.

Por: Stéfany Fonseca

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com