spot_img
InícioNotíciasCasos de falta de energia no domingo em Goiás foram cinco vezes...

Casos de falta de energia no domingo em Goiás foram cinco vezes acima do normal, diz Enel

Vento forte e a chuva provocaram queda de árvores e prejuízos na rede de energia em vários pontos da capital

Enel Goiás informa que registrou, no último domingo (26), cinco vezes mais ocorrências relacionadas a falhas no fornecimento de energia em Goiânia na comparação com outros dias. O aumento foi ocasionado pela forte chuva que caiu sobre a capital nesse fim de semana. O vento forte e a chuva provocaram queda de árvores e prejuízos na rede de energia em vários pontos da capital.

De acordo com o diretor de planejamento e gestão da Enel Goiás, Roberto Vieira, a empresa ainda recebe nesta segunda (27) reclamações de falhas ocorridas no último final de semana. Para conseguir atender às demandas – cinco vezes maiores do que num dia habitual -, o diretor confirmou que cerca de mil equipes trabalham hoje, o que equivale a quatro vezes mais do que o efetivo normal.

Vieira assegurou que, nesta manhã, a Enel já havia restabelecido a energia para 85% dos clientes que acionaram a distribuidora. No entanto, moradores de diversas regiões de Goiânia ainda reclamam de falta de energia.

Moradores registraram interrupção de fornecimento de energia elétrica no Setor Morada dos Pássaros, em Aparecida; Vila Jardim São Judas Tadeu, Setor Marista e Jardim América, em Goiânia. O barbeiro e empresário Ricardo Ferreira, por exemplo, reclamou que está sem energia elétrica em casa e no seu negócio. A falta de luz que atinge o bairro onde Ricardo mora, no Setor Marista, já dura mais de 30 horas.

Queda de árvores afetou rede de energia, informou Enel Goiás

Ainda segundo o diretor da Enel, os ventos fortes que vieram junto com a chuva no final de semana provocaram a queda de árvores e até de transformadores, o que afetou diretamente o fornecimento de energia em alguns bairros de Goiânia.

“Os ventos foram fortes durante um período de tempo muito longo. Isso leva uma rede como a nossa ficar suscetível a falhas. Tivemos muitos casos de queda de árvores, postes e tranformadores”, argumentou Vieira.

De acordo com a Prefeitura de Goiânia, cerca de 36 árvores e 25 galhos foram retirados em diversos setores da cidade. Em seguida, todo material recolhido é reaproveitado. Hoje, segunda-feira, equipes da prefeitura encontram-se no Jardim da Vitória II, Bairro Ipiranga, Residencial Porto Seguro, Centro, Parque Atheneu e Sudoeste atendendo novas demandas dos munícipes.

Por Ton Paulo/Mais Goiás

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com