spot_img
InícioNotíciasCaso morto-vivo no HCN, em Uruaçu

Caso morto-vivo no HCN, em Uruaçu

É um absurdo um episódio dessa natureza, porém, o erro é humano e todos estão passíveis de cometê-los. No entanto, um erro como esse pode custar a vida de uma pessoa.

No caso de Uruaçu, o corpo clínico do Hospital Regional tomou todas as providências cabíveis com o objetivo de assistir ao paciente internado, bem como a sua família.

O profissional que supostamente cometeu o grave erro foi imediatamente desligado de sua função daquela casa de saúde.

Os diretores assim que tiveram informações sobre o lamentável fato, foram imediatamente à cidade de Rialma, onde o paciente reside e de onde foi regulado para Uruaçu.

Todas as providências foram tomadas no sentido de preservar a vida do paciente, além de assistir a sua família naquele momento de angústia.

Em nota encaminhada à imprensa, os diretores do HCN alegaram que estão oferecendo todo o apoio, inclusive pessoalmente junto aos familiares e ao paciente.

Foram à cidade de Rialma acompanhar o caso pessoalmente os diretores Dr. Virgílio Moreno — Diretor Técnico HCN; Marcelo Ramos — gerente assistencial; João Batista Cunha — diretor assistencial; Dr. Lucas – diretor-clínico do Hospital Municipal de Rialma; Fernando – Secretaria Estadual de Saúde e Dona Aparecida, irmã do paciente.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, foi conseguido ao paciente senhor José Ribeiro da Silva, uma vaga de UTI na cidade de Ceres, cujo translado foi feito pelo SAMU. Sobre o estado de saúde dele, os médicos afirmam que inspira cuidados em função da enfermidade acometida por ele em estado avançado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com