spot_img
InícioNotíciasBolsonaro visita Goiás na próxima sexta (1º) para assinar contrato da BR-153

Bolsonaro visita Goiás na próxima sexta (1º) para assinar contrato da BR-153

A rodovia BR-153 já esteve concedida em 2014, porém foi devolvida para a gestão do Governo Federal pela Queiroz Galvão

O presidente Jair Bolsonaro visita Goiás na próxima sexta-feira (1º) para assinar contrato de concessão de um trecho da BR-153 que liga Anápolis a Aliança do Tocantins (TO). A solenidade acontecerá em Anápolis. Deve acompanhar o presidente o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

A visita faz parte da comemoração pelos mil dias do governo Bolsonaro, que inclui viagens do presidente pelo país para inaugurações e entregas de obras.

Outras visitas de Bolsonaro a Goiás

Bolsonaro esteve em Goiás no dia 17 de setembro para inauguração de ferrovia na cidade de Mara Rosa, a 350 quilômetros de Goiânia. Na ocasião, o governador Ronaldo Caiado (DEM) participou da agenda presidencial após breve afastamento.

A visita anterior foi no dia 28 de agosto para encontro com lideranças evangélicas e reunião com políticos apoiadores, em uma igreja de Goiânia.

Duplicação da BR-153

O trecho em questão possui 850 quilômetros e foi arrematado pelo consórcio EcoRodovias por R$ 320 milhões. A empresa deve fazer duplicações no perímetro concedido, que é parte da rodovia Belém-Brasília.

O projeto prevê investimento de R$ 7,8 bilhões na duplicação da rodovia. No leilão, o consórcio ofereceu tarifa mínima de R$ 10,218 para cada 100 quilômetros de pista simples.

A rodovia BR-153 já esteve concedida em 2014, porém foi devolvida para a gestão do Governo Federal devido à declaração de caducidade (em 15 de agosto 2017) da concessão de titularidade da Concessionária de Rodovias Galvão BR-153, por inexecução contratual.

A previsão é de que as obras tenham início ainda no segundo semestre, sob a tutela da concessionária EcoRodovias, responsável pela licitação das obras.
De acordo com o projeto, serão construídas 19 passarelas, 30 dispositivos de interconexão em desnível e 6 passagens inferiores, além de 623,3 quilômetros de duplicações, mais de 90 quilômetros de marginais, quase 30 quilômetros de faixas adicionais, iluminação nas travessias urbanas e nas vias marginais e contorno previsto na cidade de Corumbá de Goiás, além de outras melhorias.
Estão previstos também um centro de controle de operações (CCO), 19 bases de serviço operacional (BSO) – para apoio das equipes de atendimento médico de emergência, atendimento mecânico e atendimento aos demais incidentes – além da previsão de construção de 2 pontos de parada e descanso para maior segurança dos caminhoneiros.
No total, a EcoRodovias vai investir R$ 14 bilhões na rodovia nos próximos 35 anos.

Por Eduardo Pinheiro/Mais Goiás (Com adaptações)

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com