spot_img
InícioNotíciasNewsAdvogada ligada ao PT é a nova indicada de Lula ao TSE

Advogada ligada ao PT é a nova indicada de Lula ao TSE

Edilene Lobo ocupa a vaga deixada por André Ramos Tavares, empossado como titular da Corte

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, confirmou a nomeação da advogada Edilene Lobo para o cargo de ministra substituta da Corte Eleitoral.

O magistrado anunciou a novidade nesta terça-feira, 27, no início da sessão que pode tornar o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) inelegível.

Edilene tem ligações com o PT de Minas Gerais e atuou na defesa da ex-presidente Dilma Rousseff durante a campanha da petista ao Senado.

O nome foi escolhido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Edilene ocupa a vaga deixada por André Ramos Tavares, empossado como titular do TSE, em 30 de maio.

O nome de Edilene estava na lista enviada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a Lula. Com a indicação, caberá ao TSE marcar a data da posse.
A lista era formada pelas também advogadas Daniela Borges, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) da Bahia, e Marilda Silveira, que atua na área eleitoral em Brasília.
Indicados de Lula votam inelegibilidade de Bolsonaro no TSE
Os ministros TSE Floriano de Azevedo Marques e André Ramos Tavares, ambos indicados por Lula, fazem parte dos magistrados que vão analisar o processo que pode levar à inelegibilidade de Bolsonaro.
Os dois membros do júri atuaram pelos petistas e foram empossados recentemente por escolha de Lula. Mesmo com o histórico pregresso, a defesa do ex-presidente não questionou a participação deles — pela lei, o réu tinha 15 dias para alegar a suspeição dos ministros, depois do momento em que foram nomeados para atuar no processo.

Revista Oeste

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com