spot_img
InícioNotíciasAcabou o amor: mídia internacional ironiza Lula por críticas a refeições no...

Acabou o amor: mídia internacional ironiza Lula por críticas a refeições no exterior

Petista disse que não come nem bebe bem em viagens ao estrangeiro

Depois de tecer elogios a Lula durante as eleições do ano passado, a mídia internacional agora ironiza o petista, por críticas do presidente a refeições servidas no exterior em missões diplomáticas.

No programa Conversa com o Presidente, uma cópia das lives de Bolsonaro, Lula disse que não come nem bebe bem no estrangeiro. O petista estendeu os ataques ao Ministério das Relações Exteriores.

“Almocei com os presidentes Emmanuel Macron e Sérgio Mattarella”, disse Lula. “Duas comidas de palácio que não são essas coisas. Em lugar nenhum do mundo a comida de palácio é boa. Tenho brigado com o Itamaraty para melhorar a comida, porque tem dia que a comida não está boa.”

lula refeições
Foto: Reprodução

A agência de notícias Bloomberg publicou a seguinte manchete, sobre o caso: “Última gafe de Lula é criticar comida que recebeu na Itália e na França”. O subtítulo informa que “líder diz que refeições na Europa não foram tão boas”. O site alemão Politico noticiou: “Lula se queixa da comida de palácio francesa e italiana” e complementou que o”presidente ficou descontente com o tamanho das porções”.

Jornais italianos, como o IL Tempo, reproduziram títulos mais ousados, a exemplo de “Lula não esconde a decepção: porções pequenas em almoço no Palácio do Quirinale”. Enquanto isso, o Globalist disse que “Lula (pouco diplomático) se diz decepcionado com a culinária do Quirinale e do Élysée”.

Os periódicos destacaram frases de Lula a respeito das refeições, como “tudo é pequenininho, não tem uma bandejona para você escolher” e “pode ser gulodice, mas eu gosto de quantidade”. Também “tudo é muito sofisticado, às vezes você nem sabe o que é”.

Recentemente, o petista disse que o Brasil tem 33 milhões de pessoas passando fome, conforme um estudo duvidoso feito por uma organização de esquerda. Também mencionou, durante o podcast PodPah, que o mundo tem 800 milhões de pessoas sem comer.

Revista Oeste

DEIXE SEU COMENTÁRIO
spot_imgspot_img

.Artigos Relacionados
Artigos

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com