18/12/2018 17:18

NOTA DE REPÚDIO À “MENÇÃO” DE APOIO À PERMANÊNCIA DO TEM RHEVYSSON

CATEGORIA: politica

A DIRETORIA DO SRU DE URUAÇU, de forma unânime, repudia a nota acima referendada, no quesito que diz respeito à permanência do Ten. Rhevysson na cidade de Uruaçu-GO, por diversas razões. De início é importante dizer que o SRU e seus diretores acreditam e reiteram a total confiança e admiração na INSTITUIÇÃO CORPO DE BOMBEIROS, mas, o seu ex-comandante (ele afirma que está de férias, mas segundo informações do comando ele está afastado), Ten. RHEVYSSON, não está tendo atitudes condizentes com o comportamento da instituição e nem mesmo de uma honrosa autoridade. Nos primeiros meses de suas ações em Uruaçu-GO auxiliou a sua esposa e seu pai e, juntos, montaram uma empresa para comercializar extintores de incêndio e materiais correlatos à combate de incêndio na cidade de Uruaçu-GO, mas o problema é que a fiscalização das lojas, dos bares, das construções, das empresas, etc. era do próprio tenente, que, deveria se abster de tal conduta, pois se escolheu a vida pública, teria que norteá-la pela legalidade, pela probidade e pelo bem comum (povo), e, no mínimo, ter a sua esposa e seu pai como donos da única loja que vendia produtos de combate a incêndio na cidade não é moralmente correto. Depois, na pecuária do ano passado, o referido tenente participou de uma reunião no Centro de Pacificação (dia 28/06/2012) e assinou documento OFICIAL dando conta da realização normal da exposição, em seguida, no dia 04/07/2012 (feriado municipal) comunicou a diretoria de que havia necessidade de efetuar correções no parque, e, em seguida, mesmo tendo prometido na frente de diversas pessoas e diretores que não procederia com a interdição do parque, até mesmo porque já haviam ocorrido os grandiosos shows (JORGE E MATHES, HUMBERTO E RONALDO, GUILHERME E SANTIAGO, etc.) e nada de errado ocorreu, o referido tenente, na covardia, apareceu no SRU na sexta feira, às 17:55h, com toda a imprensa da região ao seu lado e procedeu com a interdição da pecuária. Agora, se o CARZEM não sabe, vamos informá-lo, pois em ato do PODER JUDICIÁRIO foi concedida uma liminar em AÇÃO DE MANDADO DE SEGURANÇA e o parque foi desinterditado, reconhecendo a absoluta e incontestável ilegalidade do ato exclusivo do tenente, e não dos BOMBEIROS. E mais, se agisse com lisura e imparcialidade, deveria o referido tenente comunicar com os diretores a existência de qualquer irregularidade apta a interditar o parque, e estes se prontificariam imediatamente a ir nos meios de comunicação informando da interdição, mas isso não ocorreu, preferindo o tenente armar uma “arapuca” para os diretores e as centenas de pessoas que já estavam no parque. Em momento algum a diretoria do SRU pretendeu ou pretende colocar em risco a vida das pessoas de Uruaçu, ainda mais pelo fato de todos estarem lá pelo VOLUNTARIADO, PELO AMOR A URUAÇU, PELO COMPROMISSO COM A CATEGORIA, e os familiares dos diretores sempre trabalharam diuturnamente para atender as famílias uruaçuenses com dedicação e presteza. Outro ponto que merece destaque, diz respeito às exigências exorbitantes e aterrorizantes que o tenente vem fazendo em desfavor de todos os cidadãos uruaçuenses, e não só do SRU, tão somente com o fito de angariar recursos para o fundo municipal, que por sua vez vai dar sustentação à construção da sede própria dos bombeiros. O SRU não é contra a obra, pois é favorável à instituição CORPO DE BOMBEIROS, mas não se pode uma pessoa (comandante) sobrepor aos interesses da sociedade e multar as instituições, até mesmo as filantrópicas. CARZEM, você sabe que por conta das atitudes do referido tenente o fundo tem mais de R$300.000,00 (trezentos mil reais)? Você sabe que até mesmo a FESTA DO BETINHO, que é uma ação absolutamente filantrópica e de cunho social, teve que pagar mais que a quantia de R$3.500,00, para abrir suas portas ao povo de Uruaçu-GO? Você sabe que o “ARRAIÁ DO ABRIGO DOS VELHINHOS” teve problemas com exigências demasiadas do referido tenente? Você sabe que a FESTA DO CAJU, praticamente patrimônio de Uruaçu-GO, está na iminência de não ocorrer por exigências demasiadas do referido tenente? CARZEM, exposição agropecuária não é somente festa e diversão, é investimento social, é incremento da economia municipal, é fonte absoluta de arrecadação de impostos, é uma forma de fortalecer a cidade e seu povo perante um ESTADO e um PAÍS; a diretoria do SRU e a sociedade ruralista não ficaram paradas um ano, e você não é autoridade do corpo de bombeiro para afirmar IRRESPONSAVELMENTE que “quase nada foi feito para colocar a arena nos moldes de segurança adequado”; o SRU, e a PREFEITURA MUNICIPAL, com o apoio da CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES, arcaram com o PROJETO de segurança no valor de R$22.000,00, demonstrando que todos querem acertar e corrigir os eventuais erros, viabilizando a festa e a segurança de todos; ninguém ameaçou de tirar o tenente, pois foi feito um documento público e oficial, e diversas pessoas de Uruaçu-Go, incluindo diretores do SRU, pediram a substituição do comando, pois a autoridade do tenente não estava mais sendo reconhecida naturalmente, precisando ele de exceder os limites de sua função, o que colocou a sociedade ou parte dela aterrorizada; CARZEM, a sua atitude é que é COVARDE, VIL E TRAIÇOEIRA, pois está tentando manter em URUAÇU uma pessoa que somente pensa em seus próprios projetos e não realizou uma só ação voltada para o BEM COMUM; o SRU procurou a justiça, o comando dos bombeiros e o Governador, EM OFÍCIO ASSINADO, e isso é comum dos grandes homens; a ação comum dos pequeninos é divulgar em rede social aquilo que não sabe e não conhece, sob o pseudo pretexto de liberdade de expressão; o comum dos covardes é agir na surdina, como o fez o seu constituinte ao acusar levianamente e criminosamente os diretores do SRU de seqüestrar a sua esposa; se depois de um ano nada foi desvendado é porque Humberto Gessinger estava errado: existe em Uruaçu um único crime perfeito; A DIRETORIA DO SRU

PUBLICIDADE