21/01/2018 18:48

Entrevista com a prefeita de Uruaçu Solange Bertulino do PMDB, por ocasião da visita do secretário estadual da Saúde Antônio Faleiros

CATEGORIA: politica

 

ENTREVISTA

Diário Popular: Como a senhora avalia até então as obras do Hospital Regional de Uruaçu com a visita do secretário de estado Antônio Faleiros?

 

Prefeita Solange: A minha avaliação é excelente em vista que é um empreendimento grandioso, obra que irá atender a demanda além de Uruaçu e outras regiões na área da saúde então eu só posso ficar orgulhosa enquanto chefe do executivo e receber sempre bem aqueles que vêm investir em Uruaçu e em prol da população. 

 

DP: Prefeita, quando o engenheiro da obra mostrava as autoridades presentes o mapa da obra, houve explicações do engenheiro responsável pela mesma, que deveria ampliar uma área para adequar melhor ainda à construção, o que disse o engenheiro à senhora?

Prefeita Solange: É uma questão de remanejamento devida à sugestão dos engenheiros da AGETOP, o município administrativamente vai tomar todas às providências de sua responsabilidade em contrapartida com a parceria do governo do Estado.

 

DP: Prefeita no que se tange a prazos, a senhora acredita que a obra irá cumprir o calendário de conclusão estabelecido pelo governo, apesar de não marcar data do término da execução?

Prefeita Solange: Acredito que sim, em se tratando de uma obra muito importante, com projeto de início e fim, agente aqui neste Norte Goiano, o povo precisando de mais qualidade de vida, mais saúde, de profissionais qualificados na área, mais estrutura, equipamentos e afins, agente quer que o prazo seja o mais rápido possível, acredito sim, que este prazo tem de ser cumprido.

 

DP: Sobre seu governo e o governo de  Marconi Perillo existem restrições em função da cor partidária?

Prefeita Solange: No momento em que você atende a comunidade, a cidade não tem cor partidária, nosso objetivo é comum servir o povo. Tanto é que hoje estamos aqui juntos para atender o povo de Uruaçu.  Existem sim parcerias entre governo municipal e estadual, de uma maneira muito respeitosa, agente quando assume um governo, para o bem do povo, não existe cor partidária, todas as vezes que precisei do governador fui muito bem atendida em nossos projetos, nossas reinvindicações, quando agente é ente administrativo não existe partidarismo, o importante é que sem partidarismo somos muito bem recebidos pelo governo e seus auxiliares, em si tratando de bem comum, nossos objetivos são os mesmos.

 

 

 

DP: Prefeita, como está seu relacionamento com a Câmara Municipal de Uruaçu?

Prefeita Solange: Da mesma forma, respeitosa, a Câmara marcando sua parte e a prefeitura a dela, cada um com sua responsabilidade. Nossos projetos encaminhados ao poder legislativo são estritamente de interesse público e aprovados após a colocação do parecer de cada parlamentar, respeitando a posição de cada um, a ideia e o parecer de cada, em nosso caso, nossos projetos têm sido aprovados, até por que; todos foram encaminhados com interesse público e social, nenhum projeto de cunho pessoal, por isso, nossas propostas estão sendo aprovadas muitas delas por unanimidade, a parceria prefeitura Câmara, cada um no seu papel vai muito bem, todos em prol da sociedade.

 

DP: Solange, como é a parceria com o suplente de deputado estadual Valmir Pedro representante do governador em Uruaçu?

 

Prefeita Solange: Como sempre, disse respeitosa, na medida em que agente possa servir, estamos servindo na medida em que precisamos estamos sendo servidos.  Sempre que precisamos falar agente fala informalmente, nunca tivemos e nem vamos ter restrições sobre parcerias municipal/estadual, nossa administração tem todo respeito com o representante da base governista em Uruaçu. 

DP: A senhora e o Valmir Pedro já se encontraram formalmente para debater os problemas oriundos do município e governo?

Prefeita Solange: Não formalmente, mas agente sempre fala por ai, a nossa amizade sempre foi de muito respeito e consideração, na medida do possível sempre agente tem conversado nos eventos que acontecem no município, e vou deixar bem claro, nossa parceria desde que seja em prol da cidade sempre vai ser com maior carinho e respeito.

 

DP: A prefeitura fez a doação da área para construir o Hospital Regional, o que mais o poder executivo possa disponibilizar para o Estado para viabilizar ainda mais a execução da obra já em andamento.

 

Prefeita Solange: Um dos fatores mais importantes é a doação da área na minha concepção, isso foi feito, a prefeitura hoje não tem condições financeiras para fazer mais do que já foi feito, se tivesse condições seria ótimo e faríamos, mas não temos condições, hoje estamos com nosso apoio, de toda equipe de governo, apenas logístico, coisa assim, digamos palpável não temos condições no momento.

DP: Prefeita qual o balanço em rápidas palavras que a senhora faz nestes seis meses de governo? Principalmente nas áreas da saúde e social?

 

Prefeita Solange: Olha, na minha visão ainda é regular por um lado e bom. Assumimos uma administração desarrumada e com muitos problemas, agora já estamos caminhando um passo de cada vez, estamos trabalhando, falta muito ainda para chegarmos ao nosso objetivo, esse ano de 2013, foi um ano de superação, pegamos a casa literalmente desarrumada, e ainda estamos colocando as pedras em seus devidos lugares. Em várias áreas ainda vamos melhor e muito, na área do turismo, na habitação, na piscicultura, na cultura, no esporte, na saúde, na educação enfim, são vários projetos em andamento que vamos executar, estamos caminhando com os pés no chão, de passo a passo para executar todos da melhor forma possível.

DP: Sobre as manifestações de rua, houve algumas críticas em relação ao governo da senhora.

 

Prefeita Solange: Recebi e entendi com naturalidade, estamos em um país democrático e cada um tem todo o direito de se manifestar como queira. Sobre nossos próprios companheiros, é normal, eles também tem o direito de se manifestar, eu reconheço as criticas e estamos trabalhando e respeitando a opinião de cada um.

DP: Sobre o contrato alvo de várias críticas no caso QUEBEC AMBIENTAL

Prefeita Solange:

Esse contrato foi feito no início do governo emergencial em função da situação emergente da limpeza publica de Uruaçu. Em toda transição tem esse problema e na nossa não foi diferente. Para fazer um contrato mais longo e dentro de nossas exigências, passamos por essas criticas e dificuldades inclusive de valores, mas foi dentro da realidade em função do estado de lixo que encontramos a cidade. Hoje já estamos com o novo contrato pronto e houve a retirada e alteração de alguns itens, porém vai atender as necessidades da nossa cidade, em breve vou passar para a imprensa a cópia do contrato para que todos tenham ciência do mesmo. O valor ficou de 230.000,00(Duzentos e Trinta Mil Reais), mensais.

 

 

PUBLICIDADE