15/10/2019 15:12

Data das eleições 2020 - 1° e 2° turno, Propaganda eleitoral

CATEGORIA: politica

A data das eleições em 2020 já está definida, esse é um dos compromissos mais importantes para os brasileiros e brasileiras. Por isso, é fundamental saber com antecedência todas as datas das eleições para poder cumprir com a sua obrigação de cidadão, sem imprevistos.

A data das eleições em 2020 já está definida, esse é um dos compromissos mais importantes para os brasileiros e brasileiras. Por isso, é fundamental saber com antecedência todas as datas das eleições para poder cumprir com a sua obrigação de cidadão, sem imprevistos.

Nas eleições de 2020 a população terá a difícil missão de escolher os vereadores e o prefeito que vão liderar a cidade pelos próximos 4 anos. Esse é um compromisso muito importante, pois muitas pessoas deram a vida defendendo a democracia. Ou seja, o direito dos brasileiros escolherem em quem votar. E o primeiro passo para comparecer na votação é conhecer a data das eleições 2020.

Conheça um pouco da história das eleições para entender a importância dessa data

História da data das eleições 2020

A República brasileira foi fundada no dia 15 de novembro de 1889, ‘de lá para cá’ o país foi passando por um processo de democratização. Até que em 1894 foi realizada a primeira votação direta, ou seja, como a gente vota hoje.

Naquela ocasião, o povo foi às urnas para escolher o primeiro presidente da República. A eleição aconteceu ‘graças’ a Carta Magna assinada em 1981 que determinou que os presidente fosse escolhido pela população.

O tempo passou, inúmeros períodos ditatoriais marcaram a história do país O mais recente aconteceu em 1964, com o golpe militar que durou 21 ano. Em 1985 os brasileiros novamente tiveram o direito de escolher quem comandaria o Brasil.

A primeira eleição direta após a ditadura de 1964 aconteceu em 1989, foi um dia de festa e comemoração. Devido à luta histórica pela democracia, é fundamental que a população brasileira compareça às urnas, independente do candidato que escolher. Para isso, o mais importante é saber o data das eleições 2020.

Acompanhe o calendário eleitoral com as datas das eleições 2020

Quer ficar sabendo o dia das eleições para não perder o seu compromisso mais importante do ano? Então acompanhe o calendário eleitoral com as datas das eleições 2020.

Data das eleições 2020 – Primeiro Turno

01/01/2020 – A partir do dia 01/01/2020 as pesquisas passam a ser obrigatoriamente registradas pelo TSE ou pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral). Qual a diferença? Bem, esses são órgãos sérios, oficiais e imparciais. As pessoas tendem a confiar nas pesquisas feitas pelo TSE e pelo TRE.

04/05/2020 – Essa data é importante principalmente para quem está com algum problema com o Título de Eleitor. Esse é o prazo final para solicitar qualquer alteração no Título. Além disso, se você mudou de cidade recentemente, esse é o prazo máximo também para você trocar o seu título de município. E assim poder escolher o prefeito para a nova cidade que está morando. Essa é a data limite ainda para você solicitar transição para Seção Eleitoral Especial (área onde eleitores deficientes ou com mobilidade reduzida efetuam a votação).

13/06/2020 – Esse é o início da nomeação dos chamados ‘mesários’. Aqui, as autoridades começam a escolher quem vão ser as pessoas responsáveis por instruírem a população no momento da votação

03/08/2020 – Fim do prazo para solicitação de segunda via do título de eleitor fora do domicílio eleitoral; Além disso, nessa data é finalizada a escolha dos mesários.

22/09/2020 – Fim do prazo para solicitação de segunda via do título de eleitor dentro do domicílio eleitoral.

02/10/2020 – Esse é o momento mais importante e emocionante das eleições. No dia 2 de outubro, a população vai até as urnas para a  votação Primeiro turno. Essa é a hora de escolher quem são os candidatos que vão representar você por 4 anos. Ou seja, é hora de escolher o prefeito e vereadores.

05/10/2020 – Se você é mesário mas precisou se ausentar da votação, o dia 5 de outubro é o último dia para você se justificar e acertar a sua situação com a Justiça Eleitoral.

Data das eleições 2020 – Segundo turno

O segundo turno vai acontecer somente em municípios onde nenhum dos candidatos a prefeito tiverem 50% dos votos mais um. Ou seja, quando nenhum candidato obtiver a maioria absoluta nas urnas.

Dessa forma, no segundo turno das eleições somente os dois candidatos mais votados podem participar da disputa que elegerá o novo prefeito.

Essa é uma ‘corrida eleitoral’ mais curta, porém muito disputado, os candidatos têm menos de um mês para apresentar as propostas. E convencer a população a confiar-lhe o voto.

O dia tão esperado pelas pessoas, ou seja, o segundo turno das eleições 2020, ocorre em 30 de outubro. E o resultado final das eleições é revelado no mesmo dia ainda durante a noite. Por isso, se ocorrer segundo turno na sua cidade, é importante ficar atento na programação de rádio e televisão para saber quem vai ser o novo prefeito, que vai comandar o município nos próximos 4 anos!

Início e fim da Propaganda eleitoral

Se  você gosta de participar ativamente das eleições, torcer pelo seu candidato, ir às ruas, fazer campanha, levar a bandeira e etc, você precisa ficar atento às datas da propaganda eleitoral!

Para que não ocorra  irregularidades durante um processo tão importante. A Justiça Eleitoral estipula datas que devem ser respeitadas pelos candidatos e também pela população.

Para fazer ‘fazer bonito’ durante o processo eleitoral, além de torcer, você pode ajudar a fiscalizar e ver se o seu candidato realmente está cumprindo o que a justiça determinada. Para isso fique atento ao calendário abaixo!

Primeiro turno

16/08/2020 – Início a propagando eleitoral.

26/08/2020 – Início da propagando eleitoral gratuita através do rádio e televisão.

29/09/2020 – Fim da propaganda eleitoral gratuita através do rádio e televisão.

30/09/2020 – Fim da propaganda eleitoral.

Segundo turno

03/10/2020 a partir das 17h – Início a propagando eleitoral, inclusive a gratuita.

28/10/2020 – Fim da propaganda eleitoral gratuita através do rádio e televisão.

29/10/2020 – Fim da propaganda eleitoral.

Independente do seu partido ou do seu candidato o importante é participar do processo eleitoral! Ir às urnas, votar e fazer parte da maior festa da democracia brasileira. Agora que você já sabe a data das eleições 2020 é só escolher o seu candidato e se preparar para este dia tão importante.

 

Uruaçu: Eleições Municipais

 

 

x

 

Daqui a um ano teremos novamente as eleições municipais em todo o país e não será diferente em Uruaçu.

Até então, são dois pré-candidatos anunciados previamente nos bastidores da política da cidade, Valmir Pedro e Machadinho, exatamente os dois que disputaram as eleições passadas, com pouca diferença de votos, Valmir Pedro obteve 8.632 votos e Machadinho somou 8.073. apenas 559 votos de diferença em favor do atual prefeito  Valmir Pedro.

Dessa vez, o atual prefeito de Uruaçu, Valmir Pedro não tem o governador ao seu lado, pelo contrário, o atual governador Ronaldo Caiado é ferrenho adversário político do atual prefeito e disse que será questão de honra derrotar o tucano nas próximas eleições e colocar o seu aliado político, Azarias Machado Neto (Machadinho), na prefeitura.

Além do alto poder aquisitivo, o principal adversário do prefeito Valmir Pedro Tereza contará com a força da máquina estadual, um “rolo compressor”, tão pesada quanto a mão do governador sobre o prefeito do PSDB, aliado do Marconi.

Apesar de não estar gozando de uma boa administração e sendo constante alvo de críticas de todos os lados, o governador Ronaldo Caiado deverá inverter a situação até ano que vem, principalmente com a inauguração do tão sonhado Hospital Regional, que mais uma vez servirá de “trampolim político”, dessa vez contra o tucano.

Caiado disse que irá inaugurar oficialmente a obra do Hospital Regional e colocar em funcionamento exatamente poucos dias antes das eleições, visando é claro, um impulso maior na eleição de seu aliado político, Azarias Machado Neto.

Machadinho não é um homem político, ninguém sabe ao certo o motivo de querer ser prefeito de Uruaçu. A política nunca esteve presente em sua história de vida, pelo contrário, muitos dizem que o pré-candidato a prefeito, aliado do governador não terá condições de administrar a cidade, caso vença as eleições.

Alguns dizem que ele não será o prefeito de fato, quem irá administrar serão outras pessoas que o ladeiam. (Machadinho nem quer ouvir isso).

Não será uma eleição fácil nem para o prefeito tão pouco para Machadinho. O povo terá nas mãos um grande desafio pela frente no próximo ano. Aprovar a atual administração ou trocar por outro caminho trilhado pelo governador Ronaldo Caiado.

Além desses dois nomes até então comentados nos bastidores da política de Uruaçu como principais pré-candidatos à prefeitura, existem outros nomes, porém com pouca repercussão eleitoral.

A partir deste mês de outubro quando se encerram as filiações partidárias para quem pretende se candidatar a um cargo eletivo nas próximas eleições, poderemos ter uma ideia de como será a disputa ano que vem para a prefeitura de Uruaçu.

Ninguém quer mostrar a cara por enquanto, está muito cedo ainda para tomar alguma decisão sobre as eleições municipais de 2020. Todavia, o tempo não para, e abril, seis meses antes do pleito, os pretensos candidatos a prefeito ou vereador devem procurar uma legenda para abrigar, e disputar as eleições.

Com as novas regras da legislação eleitoral para o próximo ano, além de não haver coligações proporcionais, o prazo que era de um ano antes do pleito eleitoral das filiações partidárias para quem interessasse em se candidatar, foi reduzido para apenas seis meses. Levando em consideração que as próximas eleições municipais serão realizadas no dia 07 de outubro de 2020, os pretensos candidatos têm até o dia 06 de abril do mesmo ano para se filiar a uma legenda política e disputar a eleição.  

O próprio prefeito de Uruaçu, Valmir Pedro não deverá sair do PSDB para outra legenda. Não há uma confirmação oficial, mas corre solto que o líder tucano não se desfiliará   do PSDB, conforme alguns comentários por aí.  Segundo algumas fontes ligadas ao prefeito, o motivo de não deixar a legenda é em respeito ao ex-governador Marconi, mesmo com desgaste da legenda junto à opinião pública, destarte, o prefeito afirmou categoricamente que não deixa o PSDB, até por que o partido não faz a pessoa, quem faz é o próprio candidato.

Machadinho que está no DEM, mudou de partido, foi candidato pelo Podemos e hoje pertence ao partido de Ronaldo Caiado e Ozires Silva.

Com a filiação, a pedido do próprio governador, o discípulo de Caiado mostra ser um soldado obediente, caso vença as eleições municipais.

O presidente do partido do DEM em Uruaçu, Ozires Silva Ribeiro, continua buscando forças políticas para o seu partido.

Nas últimas semanas conseguiu aglutinar algumas importantes lideranças com o objetivo de disputar as próximas eleições, uma delas é o advogado Dr. Edenval Fonseca que é suplente de vereador e disputará as eleições para a Câmara Municipal.

Outro forte pré-candidato a vereador é o Elói dos Santos, também suplente de vereador que já está nos braços do DEM, de Ozires Silva e Ronaldo Caiado.

 

Tirando dúvidas

 

O presidente do Democratas em Uruaçu, Ozires Silva Ribeiro, disse que o pré-candidato do partido em Uruaçu chama-se Machadinho.

Com esta declaração, cai de vez por terra os comentários em redes sociais que diz sobre uma possível candidatura do presidente Ozires Silva e ainda que o mesmo havia brigado politicamente com o Machadinho e poderia ser candidato a prefeito em Uruaçu, “isso é tudo fofoca, o nosso projeto é Machadinho e não se fala mais nisso”, disse o presidente do DEM Ozires Silva Ribeiro.

 

Terceira Via

Tradicionalmente em Uruaçu não saem apenas duas candidaturas para a prefeitura, geralmente aparece a terceira via para disputar as eleições municipais.

O PMDB é um partido tradicional que deve lançar candidato a prefeito de Uruaçu, porém, até então ainda não se manifestou sobre os nomes que poderão disputar o pleito. Fala-se sobre a ex-prefeita Solange Bertulino e sobre o empresário Fabiano Construtor.

O PSL, que é o partido do presidente da república, Jair Bolsonaro também   poderá lançar um candidato a prefeito com apoio da base do presidente em Uruaçu e outros parlamentares como o delegado Waldir que é o presidente da sigla em Goiás e pretende lançar candidato.

Os nomes citados foram do tenente-coronel Maxwell Franco de Morais e do Sargento Ribeiro, ambos não confirmaram a veracidade da informação.

O presidente da sigla em Uruaçu disse que está trabalhando em prol de uma candidatura própria e de formar a terceira via.

O PT também é um partido tradicional e de esquerda, que poderá lançar candidato a prefeito, existem os adeptos que querem candidato, outros não.

Os nomes citados foram os dos ex-vereadores – Jairo Balbino e Valmi Mateus (Zorão).

Não há informações oficiais se os mesmos serão candidatos a prefeito pela sigla, no entanto, existem comentários que um deles será o candidato do partido.

O deputado federal do PT em Goiás, que teve apoio dos líderes em Uruaçu Rubens Otoni dará total apoio caso um dos membros seja candidato.

 

Vice-prefeito de Uruaçu vai mudar de partido

 

O vice-prefeito de Uruaçu, Dr. Juarez Lourindo atualmente no PSB, deverá mudar de partido. Ele confirmou o convite do deputado federal João Campos (PRB) para comandar a sigla em Uruaçu. Candidato do PRB, João Campos obteve 106.014 votos totalizados (3,50% dos votos válidos) e foi eleito Deputado Federal em Goiás no 1º turno das Eleições 2018.

João Campos é da base do presidente Jair Bolsonaro. Dr. Juarez Lourindo pelo andar da carruagem deverá ficar na chapa do atual prefeito Valmir Pedro nas próximas eleições.

Não há oficialmente informações se continuará com vice-prefeito, mas estará ao lado do tucano. Juntamente com o vice-prefeito de Uruaçu, Dr. Juarez Lourindo, o PRB deverá lançar vários pré-candidatos a vereador, com o objetivo de formar uma chapa completa visando a disputa das eleições no próximo ano.

O PRB, cujo presidente no estado de Goiás é o deputado federal João Campos, é afinado com o prefeito de Uruaçu, Valmir Pedro. A data para a festa de filiação do atual vice-prefeito de Uruaçu e de outros líderes que deverão acompanhá-lo ainda não foi definida, mas, tudo indica que será no final do mês de outubro.

 

 

 

PUBLICIDADE