A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Only variable references should be returned by reference

Filename: core/Common.php

Line Number: 257

Jornal Diário Popular - AGEHAB EM URUAÇU, CASAS PARA OS QUILOMBOLAS

26/09/2018 06:28

AGEHAB EM URUAÇU, CASAS PARA OS QUILOMBOLAS

CATEGORIA: imoveis

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) está empreendendo um trabalho inédito na área de habitação para atender famílias quilombolas em pelo menos 23 municípios de Goiás. Descendentes de núcleos de resistência à escravidão durante o século 19 no território onde hoje está o Estado de Goiás, desde que foram descobertas e integradas no século 20, as comunidades remanescentes de quilombos lutam para conseguir direitos de cidadania, entre eles o acesso à moradia. A primeira ação concreta de parceria da Agehab que está sendo firmada com diversas dessas comunidades será realizada nesta segunda-feira (30/06), no município de Uruaçu, distante 280 km de Goiânia, onde 653 famílias receberão Cheque Mais Moradia modalidade Reforma, no valor total de R$ 1 milhão e 595 mil. Deste total, 111 cheques são para famílias quilombolas, que receberão em recurso para reformar suas moradias, no valor total de R$ 333 mil. A maioria é da zona rural.

De acordo com a presidente da Associação da Comunidade Quilombola Urbana João Borges Vieira, Domingas Gouveia de Carvalho, o atendimento da Agehab ao pedido das comunidades quilombolas é uma etapa vencida de uma luta histórica. A comunidade é uma das que são oficialmente reconhecidas pela Fundação Cultural Palmares, entidade ligada ao governo federal, responsável por preservar a cultura afro-brasileira. “Essa parcela da comunidade negra encara essa etapa como uma vitória. Será a primeira vez na história que uma comunidade reconhecida como quilombola receberá benefícios na área de habitação do poder público”, ressalta. Segundo estimativa de Domingas, cerca de 320 famílias quilombolas, em um total de mais de 1.500 pessoas, serão beneficiadas diretamente pelos Cheques Reforma que serão entregues nesta segunda-feira.

Para o presidente da Agehab, Luiz Stival, o atendimento às comunidades quilombolas que está se iniciando se confirma como a preocupação em sanar o déficit habitacional em todo o Estado, independente de onde ele esteja e especialmente de melhoria das moradias precárias. “Esse é um dever nosso na gestão dos recursos habitacionais estaduais”, reafirma o presidente. De acordo com Stival, as comunidades dos 23 municípios com os quais a Agehab está formando convênios não ficarão somente na modalidade Reforma. “Na maior parte dos municípios serão construídas novas unidades habitacionais para atender essas famílias”, adianta.

Ainda segundo o presidente, estão sendo liberados ao todo mais de 5 mil novas unidades habitacionais e mais de 270 reformas para famílias de comunidades quilombolas certificadas pela Fundação Palmares e ainda para comunidades ciganas que têm associações reconhecidas. “Essa população faz parte de uma parcela que quase nunca recebe a devida atenção de programas sociais. Na Agehab, elas também estão ganhando importância”. Além de Uruaçu, onde o trabalho da equipe de assistência social já está em andamento, estão na lista 23 municípios que terão famílias quilombolas e ciganas atendidas (veja quadro).

Comunidades Quilombolas

Nova Roma

Cavalcante

Terezina de Goiás

Silvânia

São Luiz do Norte

Santa Rita do Novo Destino

Minaçu

Cidade Ocidental

Cromínia

Posse

Monte Alegre de Goiás

Barro Alto

Mineiros

Aparecida de Goiânia

Campos Belos

Flores de Goiás

São João D’Aliança

Goianésia

Colinas do Sul

Cristalina

Iaciara

Mimoso de Goiás

Padre Bernardo

 

Comunidades Ciganas

Trindade

Morrinhos

Cezarina

Pontalina

Cromínia

Itaberaí

PUBLICIDADE