24/06/2017 17:57

Maluf oferece US$ 1 milhão para não ser preso

CATEGORIA: politica

O deputado federal e ex-prefeito Paulo Maluf se propôs a pagar US$ 1 milhão, o equivalente a R$ 2,2 milhões, à promotoria de Nova York, para encerrar um processo que redundou numa ordem de prisão internacional expedida contra ele por desvio de recursos públicos; Maluf também oferece um anel de rubi e diamantes de sua esposa Sylvia Maluf, avaliado em US$ 250 mil; caso seja feito o acordo, ele deixará de ser um procurado pela Interpol

SP 247 - O deputado federal e ex-prefeito Paulo Maluf se propõe a pagar US$ 1 milhão, o equivalente a R$ 2,2 milhões, à promotoria de Nova York. Assim, ele evitaria a continuidade de um processo que redundou numa ordem de prisão internacional expedida contra ele por desvio de recursos públicos. Além desta multa, Maluf também se propõe a entregar um anel de rubi e diamantes de sua esposa Sylvia Maluf, avaliado em US$ 250 mil.

O pedido de prisão feito pela promotoria de Nova York ocorreu porque R$ 26 milhões dos recursos desviados passaram por uma agência do Banco Safra, naquela cidade. Tanto ele como o filho Flávio tiveram prisões preventivas decretadas. Ambos são acusados roubo, fraude e lavagem de dinheiro. Por isso, foram incluídos na lista de procurados da Interpol.

O dinheiro passou por uma conta chamada Chanani, que era operada pelo doleiro Vivaldo Alves, conhecido como Birigui. Essa tentativa de acordo foi revelada pelos jornalistas Mario Cesar Carvalho e Flavio Ferreira

PUBLICIDADE